Anatel divulga mais quatro canais para migração AM-FM

Tudo Rádio-Notícias do Rádio

Sábado, 09 de Março de 2019 @ 10:11


Brasília – Dois canais foram liberados para consulta em Concórdia (SC) e Pitanga (PR)


Publicidade


Foi divulgada no Diário Oficial da União da sexta-feira (1º) a segunda consulta pública de 2019 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para receber as contribuições para alteração do plano básico de FM em algumas cidades brasileiras. Quatro canais, dois de Santa Catarina e dois do Paraná, foram contemplados. A consulta pública adapta as outorgas de rádio AM das emissoras que solicitaram a migração para o FM.


Dois canais foram liberados para consulta pública em Concórdia, cidade localizada entre Chapecó e Joaçaba. Estão em estudos a frequência 93.7 FM e 101.7 FM na classe A1 de operação. Já em Pitanga, as frequências são 102.3 FM e 104.1 FM com classe A3. 


“Esses canais foram estudados no ano passado, mas estavam pendentes, aguardando liberação do Mercosul, o que só aconteceu agora. Os demais canais que solicitaram a migração continuam sendo estudados e em breve teremos novos canais inseridos no plano”, afirma o diretor de Rádio da ABERT, André Cintra, que trabalha no processo de migração desde o início.


As sugestões devem ser devidamente identificadas e encaminhadas por meio de formulário eletrônico do Sistema Interativo de Acompanhamento de Consulta Pública, disponível no site da Anatel - www.anatel.gov.br - até a meia-noite do dia 17 de março. Até o momento, dos cerca de 1.650 pedidos de migração do AM para o FM, a Anatel já liberou mais de 1,2 mil canais sem a necessidade da faixa estendida.


Rádios no FM


Algumas emissoras de rádio do nordeste do Brasil que solicitaram a migração para o FM já estão funcionando na nova faixa. Segundo levantamento do tudoradio.com, somente no mês de fevereiro, sete rádios em Teresina (PI), uma em Maceió (AL) e uma de Iguatu (CE) começaram a transmitir suas programações na faixa de FM. Mapeamento realizado pelo site mostra ainda que 553 emissoras que pediram a transição de faixa estão operando em FM.


Com informações da ABERT e colaboração de Luiz Fernando

Voltar