Faustão alfineta artistas que 'se vendem' para políticos corruptos e cria bordão

Notícias da TV-Televisão

Reprodução/TV Globo

O apresentador Fausto Silva durante o programa deste domingo (15) na Globo


REDAÇÃO - Publicado em 15/04/2018, às 19h21


O apresentador Fausto Silva aproveitou a participação do cantor Daniel no quadro Ding Dong do seu programa deste domingo (15) para alfinetar artistas que fazem campanha para político corrupto. Ele criou até um bordão para "matelar" que a mudança no país tem de começar pelo voto de cada um.


“Muitos artistas foram usados por muito tempo fazendo comício para atrair gente para político. Importante alertar quem está começando carreira. Mesmo precisando de dinheiro, não vai se vender que não vale a pena”, discursou Faustão.


O sertanejo afirmou que, mesmo lá atrás, sempre teve consciência para não eleger picaretas. “Quando a gente sobe num palco, a gente acaba virando uma voz para as pessoas que estão nos assistindo”, comentou Daniel.


Em seguida, Faustão voltou a criticar os políticos quando a atriz Maria Eduarda de Carvalho falou sobre a próxima novela que fará na Globo, O Tempo Não Para. A trama, que substituirá Deus Salve o Rei, contará a história de uma família que é descongelada após quase 200 anos. “Que nem político, tem um monte se descongelando por aí”, disse. 


Há algumas semanas, sempre que pode, o apresentador fala sobre a necessidade de mudanças no país e que isso começa com o voto. Ele até criou um bordão neste domingo: “Não adianta criticar, tem que saber votar”.


O Ding Dong foi exibido na primeira parte do Domingão do Faustão com Maria Eduarda e Arlete Salles competindo contra a dupla formada por Alex Escobar e Thiago Oliveira.


 


 

Voltar