Abratel apoia campanha da Abap pela valorização da publicidade

ABRATEL

21/10/2021


A Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap), em parceria com o Conselho de Normas Padrão (CENP), desenvolveu um trabalho voltado para a valorização da publicidade brasileira. A campanha traz dados do importante e inédito estudo da Deloitte para o setor publicitário brasileiro, em linha e mesma metodologia de estudos anteriores realizados em UK, Austrália, Nova Zelândia e Portugal.


A pesquisa “O valor da publicidade no Brasil”, demandada pela Abap, conta com o apoio da Abratel. “Não há como pensar em comunicação, liberdade de imprensa e informação de qualidade sem pensar em publicidade. É ela quem garante o sustento de um trabalho jornalístico de credibilidade ou de um entretenimento bem feito. E quando falamos de rádio e TV aberta, que são gratuitos, este valor da publicidade ganha ainda mais significado”, afirma Márcio Novaes, presidente da Abratel.


Valor para o Brasil


O estudo concluiu que cada real investido em publicidade em 2020 gerou R$ 8,54 para a economia brasileira. De acordo com a Deloitte, 1% de crescimento no investimento publicitário está associado a um crescimento de 0,06% no PIB per capita.


Levando em conta que, no ano passado, a compra de espaços publicitários nos principais veículos de comunicação totalizou R$ 49 bilhões, o impacto estimado da publicidade na economia brasileira foi de R$ 418,8 bilhões no período —cerca de 6% do PIB.


Mario D’Andrea, presidente da ABAP, destaca que o estudo comprova o que as entidades já defendem há muito tempo. “A publicidade não beneficia apenas os anunciantes e veículos, ela traz enormes benefícios econômicos para o PIB brasileiro, cria empregos, dissemina a informação. É a indústria que impulsiona as outras indústrias”, disse.


 


A PUBLICIDADE BRASILEIRA É RESPONSÁVEL POR



 


Empregabilidade do setor


De acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), existem 196.310 pessoas empregadas diretamente no setor da publicidade no Brasil. Entre os empregos diretos no setor, o segmento das atividades de televisão aberta demonstrou ser o mais representativo, com cerca de um quarto do total de postos de trabalho.


 


A região Sudeste concentra a maior parte dos postos de trabalho, com 109.889 trabalhadores, o que representa 56% do total de empregados diretos da publicidade. Nessa região, os segmentos de agência e consultoria em publicidade e de portais e provedores de conteúdo na internet se destacam, com um percentual de trabalhadores maior que a média da região.



 


O futuro da publicidade no Brasil


O futuro abre infinitas novas possibilidades para a publicidade se colocar na sociedade e falar com o público, e requererá resiliência de seus competidores diante das transformações.


Visões sobre a publicidade do futuro



  • A publicidade é um setor consolidado e reconhecido no Brasil, que está diante de novas realidades.

  • As transformações no jeito de produzir e consumir publicidade demandarão importantes mudanças para anunciantes, agências e meios de comunicação.

  • Os atores do setor devem absorver novas competências, com times e estratégias cada vez mais multidisciplinares.

  • Será imperativa a habilidade de coexistir em contextos tradicionais e inovadores de comunicação e interação com o público.

  • Ganha relevância a capacidade de manter a transparência nas relações comerciais e na comunicação e na medição de impacto das campanhas.

  • A abertura a inovações e a flexibilidade para lidar com as transformações determinará o quão bem sucedido o setor será no futuro.


O estudo ainda destaca outros aspectos positivos da publicidade para a sociedade como o financiamento dos meios de comunicação, reforçando a liberdade de expressão, essencial para a democracia; a promoção da cultura, da educação e do entretenimento e o estímulo à competitividade entre as empresas, ao oferecer opções aos consumidores, informação de preços, combate à desinformação, inovações e internacionalização de marcas.


Clique aqui e confira o estudo completo.


 


Assessoria de Comunicação da Abratel

Voltar