Grupo Jovem Pan se manifesta oficialmente sobre pedido de quebra de sigilo bancário feito à CPI da Covid

Tudo Rádio - Notícias

Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2021 @ 09:14


São Paulo – Segundo emissora, pedido é injustificável, pois os balanços são publicados anualmente no Diário Oficial


O Grupo Jovem Pan, responsável pela operação da Jovem Pan FM 100.9, Jovem Pan News AM 620 de São Paulo e Panflix, se manifestou oficialmente por meio de seu site, sobro o pedido de quebra do sigilo bancário encaminhado pelo senador Renan Calheiros à CPI da Covid. Segundo o grupo, os balanços já são publicados anualmente no Diário Oficial e o pedido fere a limitação da CPI, já que o requerimento estabelece as investigações desde 2018. Conforme já noticiou o tudoradio.comassociações de radiodifusão divulgaram notas de repúdio contra o pedido feito à comissão.


 


O rádio mapeado em tempo real: Confira o plantão de atualizações do Mapa da Atualização do tudoradio.com. São as últimas do dial


 


Segundo o comunicado da Jovem Pan, os pedidos do gênero são injustificáveis, já que os balanços da Jovem Pan podem ser acessados no Portal da Transparência. Além disso, o grupo fez a republicação dos balanços em seu site. As verbas governamentais podem ser conferidas no site www.portaldatransparencia.gov.br


Outro fator que causou estranheza, segundo o comunicado, foi que o requerimento estabelece que as investigações sejam feitas a partir de 2018. Segundo o documento que justificou a sua criação, a comissão foi instaurada com o objetivo de “apurar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil”. Como se sabe, a Organização Mundial da Saúde oficializou a existência de uma pandemia em março de 2020. A acusação de Calheiros, portanto, não se enquadra no fato determinado para a criação da CPI.


As Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) estão fundamentadas no artigo 58, §3º, da Constituição Federal e são utilizadas pelo Poder Legislativo para investigar fato determinado e por prazo certo. Com isso, o pedido para a quebra de sigilo feito a partir de 2018, fere a limitação temporal da CPI da Covid.


Por fim, o comunicado ressalta que, “diferentemente do que afirma Calheiros, a história da Jovem Pan comprova que, ao longo de seus 77 anos de existência, a empresa jamais disseminou fake news. Os profissionais da Jovem Pan divulgam fatos e os analisam segundo diferentes pontos de vista. O autor do pedido não especifica quais profissionais disseminaram notícias mentirosas e em quais programas isso teria ocorrido. Fica claro, portanto, que se trata de uma acusação genérica que tem por única finalidade cercear a liberdade de imprensa no Brasil.”


No ar pelas redes Jovem Pan News e Jovem Pan FM, o editorial foi apresentado por Joseval Peixoto, um dos ícones do jornalismo da emissora paulista. A transmissão ocorreu durante a edição de hoje (2) do Jornal da Manhã. Veja abaixo:



Jovem Pan se pronuncia sobre o requerimento da CPI da COVID apresentado por Renan Calheiros


Veja também:
Jovem Pan confirma Jornal da Manhã no History Channel a partir de terça-feira (3)



A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'


Ouça e veja:


Clique e ouça a Jovem Pan News pelo tudoradio.com.


Veja e ouça aqui a lista de rádios sintonizadas em São Paulo pelo tudoradio.com.



Carlos Massaro


Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.


 


 

Voltar